quarta-feira, 13 de março de 2013

A Bíblia e os Extraterrestres

"Olhei e vi uma tempestade que vinha do norte: uma nuvem imensa, com relâmpagos e faíscas, e cercada por uma luz brilhante. O centro do fogo parecia metal reluzente, e no meio do fogo havia quatro vultos que pareciam seres viventes. Na aparência tinham forma de homem, mas cada um deles tinha quatro rostos e quatro asas...
Os seres viventes pareciam carvão aceso; eram como tochas. O fogo ia de um lado a outro entre os seres viventes, e do fogo saíam relâmpagos e faíscas.
Os seres viventes iam e vinham como relâmpagos. Enquanto eu olhava para eles, vi uma roda ao lado de cada um deles, diante dos seus quatro rostos.
Esta era a aparência das rodas e a sua estrutura: Reluziam como o berilo; e as quatro tinham aparência semelhante. Cada roda parecia estar entrosada na outra...
Seus aros eram altos e impressionantes e estavam cheios de olhos ao redor...Quando os seres viventes se moviam, as rodas ao seu lado se moviam; e, quando se elevavam do chão, as rodas também se elevavam...Ouvi o ruído de suas asas quando voavam. Parecia o ruído de muitas águas, parecia a voz do Todo-poderoso. Era um ruído estrondoso, como o de um exército. Quando paravam, fechavam as asas...Acima da abóboda sobre as suas cabeças havia o que parecia um trono de safira, e, bem no alto, sobre o trono, havia uma figura que parecia um homem. A parte de cima do que parecia ser a cintura dele, vi que parecia metal brilhante, como que cheia de fogo, e que a parte de baixo parecia fogo; e uma luz brilhante o cercava...Essa era a aparência da figura da glória do Senhor. Quando a vi, prostrei-me com o rosto em terra, e ouvi a voz de alguém falando..." (Ezequiel 1:4-28)

Com esse trecho do Livro de Ezequiel, da Bíblia, estarei dando início a várias postagens relacionadas entre as aparições de seres extraterrestres (ou alienígenas, anjos, deuses, como queiram chamar) desde as eras mais remotas, com a Bíblia Sagrada. 
Muito se tem discutido no âmbito religioso e até mesmo científico, sobre tais associações, uns céticos, outros duvidosos e uma parcela considerável de crédulos. No campo religioso, os Evangélicos são os mais céticos. Negam veementemente tais comparações, e citam trechos da Bíblia (que na verdade, não entendem) para corroborar seus argumentos. Dizem que é pura heresia, ou quando muito, "coisa do Diabo para enganar a Humanidade" ou algo do tipo. A verdade é que, em pleno século XXI, o ser humano ainda tem dúvidas quanto sua origem, quanto à sua evolução e o entendimento sobre a vida fora de nosso planeta. Ninguem pode afirmar com precisão o que realmente somos, no sentido genético. Viemos do macaco? viemos do pó? ou somos frutos de uma experiência genética altamente avançada, inconcebível para o nosso nível de entendimento? Afinal, quem é que sabe? Tudo é mera especulação, logo, devemos estar sempre coletando informações cujo tema seja nossa origem, a fim de aprendermos mais sobre nós mesmos e nosso papel no Cosmos. Leia sempre, busque sempre, seja um ponto de interrogação ambulante. 
Questione, argumente, pois assim poderá chegar a uma conclusão - ou algo bem próximo a isso - sobre nossa real origem. Simplesmente afirmarem que nossa origem está na Bíblia com base na tão conhecida passagem "o Homem foi feito do pó e ao pó retornará" não é suficiente para chegar a um entendimento claro é racional sobre nossa gênese. Na verdade, a máxima "e Deus criou o Homem segundo sua Imagem e Semelhança" envolve muito mais mistérios do que se pode imaginar.
Portanto, não espero aceitação por parte de grupos evangélicos, católicos ou simpatizantes, pois sei que irão me criticar e até ofender (como é de costume desse segmento religioso), quando algo não condiz com suas convicções religiosas. Para essas pessoas, peço que orem ao Deus de sua compreensão que lhes mostrem a verdade, se o que tudo que ouvem e aprendem em suas igrejas e sinagogoas é a mais pura representação da Verdade. Ficarão surpresos ao constatarem o contrário. Ou ainda, um entendimento muito maior daquilo que os líderes religiosos pregam, mas que antes estava velado.Mas para isso, será necessário quebrar os paradigmas e doutrinas impostos pelo Sistema Religioso, e abrir a mente para novas concepções, sem medos, sem culpas. Libertando-se dos grilhões dos milhares de "ismos" que imperam na vasta sociedade humana e tão somente unir-se à Mente Criadora, torna-se uno com Ela. 

Lembrem-se do que está escrito na mesma Bíblia que tantos lêem e não entendem: "Clame a mim e eu responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece". (Jeremias 33:3).

Então, vamos em frente. Este é deveras um tema polêmico e vasto, que será retomado em diversas postagens ao longo do ano no blog. Sinta-se à vontade para opiniar. Mas antes, procure ter a mente aberta, liberte-se da "Matrix" que o cerca, para não entrar em choque com suas próprias convicções.


UFOS e as Religiões

Estudando as religiões antigas, podemos notar a presença de seres físicos, dotados de tecnologia avançadíssima, em contato com a humanidade. E surgiram os falados cruzamentos entre seres celestiais e mulheres da terra, fatos descritos em livros sagrados e na história universal.


A Bíblia nos diz: "Entrementes os homens haviam se multiplicado na terra e lhes tinham nascido filhas. Os filhos de Deus vendo a beleza das filhas dos homens tomaram por esposas aquelas que mais lhe agradaram." (Gênesis)

Mais adiante temos:

"E havia naquele tempo gigantes sobre a terra e os houve também depois que os filhos de Deus se uniram às filhas dos homens e destas nasceram filhos; são estes os heróis famosos desde o tempo antigo." (Gênesis)

Os livros sagrados de Dzyan contam-nos que os primeiros homens na Terra eram filhos dos homens celestes ou Pitris e que os "Reis da Luz" ocupavam "tronos Celestes".

O Nihongi, Japão, descreve-nos seres divinos que desceram do céu, em "barcos celestiais", e se uniram às filhas dos homens. E também nos falam de uma "ponte celestial ou flutuante" entre o céu e a terra.

Zeus, Mercúrio e outros deuses gregos desciam do Olimpo para amarem as lindas mulheres da Grécia.

O Bundhasvamin Brihat Katha Shlokasanigraha, um antigo romance do Nepal, narra contos de seres divinos descendo do céu e seduzindo as mulheres e guerreando em seus "carros voadores".

Na Índia, o Rig Veda os conta histórias sobre "seres celestiais" que desciam à Terra para amar ou fazer guerra. O mesmo encontramos no Ramaiana, também da Índia, pois nos fala de histórias de seres do espaço com mulheres de nosso planeta.

Em muitas civilizações antigas, as virgens eram sempre destinadas aos deuses. Na Babilônia, segundo alguns autores, os Zigurats, altas torres, eram reservados aos deuses, para seus encontros com as virgens a eles destinadas. Na Grécia antiga, era costume de muitas outras mães solteiras dizerem que seus filhos tinham origem divina. Os Súcubos e íncubos na idade média apavoravam muitas mulheres e homens com suas seduções. Podemos especular dizendo que esses contatos, entre homens de outros planetas e mulheres da terra, tinham uma finalidade de melhorar geneticamente as raças por eles escolhidas, pois, os cruzamentos entre parentes as degeneravam, atrasando a evolução. Por isso é que muitos povos tinham proteção dos deuses, ajudando-os até a lutar contra outros. No entanto, é difícil compreendermos tudo isso, porque o que citamos vai de encontro a dogmas religiosos de mais de dois mil anos.

Posteriormente, os seres extraterrestres que nos visitavam passaram a uma segunda fases de suas missões na Terra. Começaram a dar a humanidade noções de justiça, moral e ordem. Mas os homens daquela época não podiam conceber engenhos voadores, daí sempre vermos textos antigos a expressão: "O céu se abriu ". Imaginavam que atrás do céu, no espaço, estaria a morada de Deus, inacessível ao homem.

Porém, esse podia abrir-se e dar passagem a Ele ou a seus enviados para contatos com a humanidade. E os contatos sucediam-se e daí selecionavam um líder e a ele eram dadas instruções para transmiti-las a seu povo. E desses contatos entre nave tripulante nasceram os anjos, santos e até o próprio "Deus", que era visto como "nuvem", "bola de fogo", com fumaça, trovões e relâmpagos. E assim surgiram as religiões...

Hamurabi, na Babilônia, recebeu suas famosas leis de seu Deus Sámas, numa montanha. Minos, fundador de Cnossos, recebeu as leis cretenses, também de um Deus, num monte sagrado. Em 550 AC, Zoroastro, numa caverna que foi banhada em fogo (luz), teve seu contato com Ahura Mazda (Dono da Luz) e fundou o Zoroastrismo.

Em 610 DC, Maomé visionou o anjo de Alá que lhe mostrou uma tabuinha de ouro, em montanhas próximas à Meca, daí criando o Islamismo.

Por volta de 1.500 AC, no cume do Himalaia, Manu sobreviveu ao dilúvio e visionou Brama.

Em cerca de 1800, nos Estados Unidos, Joseph Smith visionou o anjo Moroni que surgiu em seu quarto, envolto numa luminosidade. E depois ele o viu subir num poço de luz (elevador?). Posteriormente, em outros contatos, fora lhe indicado um local aonde se encontraram as tabuinhas de ouro que lhe deram noções para criar a religião Mórmon.

Vejamos o que a Bíblia nos mostra:

"Um dia, tendo conduzido seu rebanho para o deserto, chegou ao Monte de Deus, Horeb, o Senhor ali apareceu em uma chama de fogo, do meio de uma sarça, Moisés via a sarça arder, sem se consumir." (Êxodo)

 Nesse encontro com Deus, Moisés estava diante de uma luz, já que a expressão "sarça arder sem se consumir" exclui "fogo". Seria uma nave profusamente iluminada? Mas vejamos outros encontros que teve com Deus no Monte Sinai:

"Já chegava o terceiro dia e a manhã estava brilhando; Eis que começou a ouvir um estrondo de trovões, e relâmpagos apareceram; Uma nuvem densíssima cobria o monte, um soar de trombetas se fazia ouvir com estrépito e o povo que estava nos acampamentos experimentou um grande medo. Moisés conduziu-os para fora do acampamento ao encontro de Deus, e eles pararam ao pé do monte. Todo o Monte Sinai fumegava, porque o Senhor baixara sobre ele no meio de chamas; O fumo subia como se fora de uma fornalha e o monte inteiro incutia pavor." (Êxodo)

Experimente ler o texto novamente e trocar a palavra "Senhor" por "nave". É evidente que Moisés estava diante do pouso de uma grande nave, ouvindo o barulho de seus motores, vendo sua fantástica iluminação e o fogo que saia de seus jatos propulsores, que chegavam a incendiar o solo do monte, provocando fumaça. E raciocine, isso aconteceu há mais de dois mil anos. Ali, Moisés ficou por 40 dias e 40 noites, sendo instruído para guiar o povo hebreu. Recebeu os "Dez Mandamentos", gravados em pedras, e enquanto isso o povo não podia aproximar-se do monte, veja:

"Desce e avisa ao povo para que não ouse ultrapassar os limites para ver o senhor, para que não morra um grande numero deles."

É claro que aqueles seres tinham medo da multidão, que poderia até danificar a nave. E, ademais, não queriam ser percebidos como seres físicos, daí é que somente Moisés entrava em contato direto com eles. Vejamos outros textos bíblicos que nos mostram naves:

"O Senhor precedia-os para ensinar-lhes o caminho, de um dia, numa coluna de nuvens e à noite, numa coluna de fogo, a fim de lhes servir de guia dia e noite."

"O anjo do Senhor que precedia os bandos de Israel levantou-se para chefiar os grupos que iam atrás dele; Moveu-se com ele a coluna de nuvens, que estava à frente e seguiu atrás do povo, entre o campo egípcio e aquele de Israel, a nuvem era escura em um lado, mas do outro iluminava."

OVNIs guiando o povo hebreu, durante o dia com suas luzes apagadas e à noite acessas, nuvem e coluna de fogo. Daí, por esse motivo, é que a "nuvem era escura em um lado, mas do outro iluminava". Especulando, podemos dizer que seria um holofote dirigido para a frente.

Ezequiel teve um contato onde ele descreve o seguinte:

"Eis que um vento de tempestade vindo do norte e uma grande e espessa nuvem com fulgurações de um fogo todo resplandecente; E ela encerrava uma espécie metal brilhante, que estava completamente inflamado.

Tinham também a semelhança de quatro seres vivos e eis qual era o seu aspecto: Pareciam-se homens. Cada um possuía quatro faces e quatro asas. As suas pernas, bem verticais, tinham cascos de bovinos e cintilavam como bronze polido (...)

E tais eram seus rostos. As suas asas estavam desdobradas, duas unindo-se em cima e duas cobrindo-lhes o corpo. Cada um andava em frente; Aonde o espírito lhes ordenava que fossem, elas iam; Não se viravam ao caminhar. E quando a estas criaturas vivas, dir-se-ia serem carvões em brasa ardendo como tochas e isso circulava entre os viventes, em fogo deslumbrante, e do fogo saíam clarões. E as criaturas vivas corriam em todos os sentidos, qual a faca.

Eu olhava para os viventes e eis, no solo, uma roda junto deles, sobre as suas quatro faces. O aspecto das rodas e sua matéria eram como tarxixe e todas as quatro eram parecidas; O seu aspecto e a sua estrutura eram como uma roda enganchada numa (outra) roda. (...)

Quando as criaturas vivas andavam, as rodas giravam também, ao lado delas, e quando as criaturas vivas se elevaram da terra, as rodas elevaram-se também. Para onde o espírito as impelia, elas iam, o espírito empurrando-as e as rodas elevando-se com elas; E quando se elevavam da terra, as rodas elevavam-se igualmente, porque o espírito de cada vivente estava nas rodas. Por sobre a cabeça das criaturas vivas havia como que um firmamento semelhante a um cristal cintilante, estendido por cima de suas cabeças.

E sob o firmamento erguiam-se suas asas uma contra a outra e cada qual tinha duas que lhe cobriam o corpo. E ouvi as suas asas ressoarem quando andavam, qual o ruído das grandes águas, qual o trovão do Todo Poderoso, qual o túmulo de um exército; Quando paravam, deixavam pender as asas e ouvia-se um ruído, que partia do firmamento estendido por sobre suas cabeças.

Por sobre o firmamento, que estava por cima de suas cabeças via-se como que uma pedra de safira, assemelhando-se a um trono; E sobre essa semelhança de trono parecia surgir um semblante de homem. No interior e por fora, vi como que metal brilhante, com aspecto de fogo, resplandecendo tudo ao redor."


A narração de Ezequiel, de onde extraímos os textos principais, nos mostra que ele teve um contato com uma nave. Ele fala claramente nas suas luzes, seu sistema de propulsão, cúpula ou grandes janelas transparentes e a tripulação dentro da nave. É claro, isso numa linguagem como ele podia conceber naquela época, já que até um simples automóvel seria para Ezequiel uma aparição divina, ainda mais um OVNI. Ele também fala do ruído dos motores da nave, nas escotilhas da mesma e quando cita asas ele claramente nos mostra que o engenho podia voar. Não há duvida que Ezequiel teve seu contato com um engenho oriundo de outros planetas.

São João, no Apocalipse, nos descreve um anjo que tinha olhos como labaredas e outro com um rosto como o sol e os pés como colunas de fogo. Muitos outros termos que nos levam aos OVNIs são citados na Bíblia, tais como: "tronos de fogo" , "braseiros consumidores" e "rios que jorram em montes de fogo".


Os livros de Enoque e Esra, que não figuram na lista de obras canônicas, também nos trazem contatos com seres de outros planetas. No livro de Reis, encontramos o seguinte:

"Continuando seu caminho entretidos a conversar, eis que de repente surge um carro de fogo, e uns cavalos de fogo, que os separam um do outro. E Elias subiu ao céu num turbilhão."

O texto nos dá a entender que Elias subiu ao espaço à bordo de uma nave, "um carro de fogo". Com Ezequiel também aconteceu um fato semelhante, vejamos:

"(...) aparência de fogo, resplendor com brilho de âmbar. Aquilo o levantou entre a terra e o céu e nas visões de Deus o levou a Jerusalém."

Daniel também teve seu encontro com um OVNI e o descreveu: "(...) Daniel, próximo ao rio Tibre, viu o Senhor: Era como berilo, com aparência de relâmpagos, olhos como lâmpadas de fogo e seus braços e pés de cor semelhante a cobre polido e som de suas palavras como uma multidão."
 


Fonte: Mistérios Antigos 

22 comentários:

  1. Li tudo isso na Bíblia, achei preferível guardar as impressões claras de extraterrestres, sendo impossível tentar abrir a cabeça das pessoas, não gostam de estudar e vão engolindo tudo que lhe empurram, e assim vai crescendo essa indústria da religião, vantajosa para todos, faz bem aos fieis e ao bolso dos que abrem em cada esquina uma igreja para honrar o nome de "Deus" e assim segue a humanidade na escuridão, conhecem alguns trechos e acham que são fiéis, mas este não conhecem:
    Atos: 17- 24: Deus, que fez o mundo e tudo o que nele existe, é Senhor do Céu e da Terra e não mora em templos feitos por seres humanos.
    Decorei esse para responder aos convites insistentes dos ditos "religiosos", que não se conformam por eu não frequentar igrejas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se voce ler minha postagem sobre minha experiencia no Sistema Evangélico, em "A Hora da Verdade - Um Desabafo Sobre O Sitema Evangelico", vai perceber que é por aí mesmo, o Sistema sempre enganando as pessoas, nunca deixando-as livres, toda leitura fora da Biblia é pecado, heresia, e por aí vai. Mas eu tive que passar por isso, ver de perto pra depois mostrar ao mundo, ainda que humildemente através de um blog, o que eles não querem que as pessoas saibam. E ser livre, não significa não acreditar em Deus, como eles julgam. Mas a hora da Verdade Suprema pra eles está chegando. Espere e verá.
      Pesquise sobre "Data Limite - Segundo Chico Xavier" e "Laércio Fonseca" no Youtube.

      Excluir
    2. Rony, parabéns, vc está fazendo um excelente trabalho. Vindo de alguém que já esteve no mundo evangélico, e não se acomodou, já é uma vitória.

      Se vc ler o evangelho, com todas as deturpações inseridas, ainda é possível ver claramente as mensagens cristicas, onde Jesus tenta mostrar as pessoas sobre as ilusões e deturpações do Divino, longe de ser ele um deus na forma religiosa, e muito menos, ser a religião uma coisa Divina.

      Hoje estamos tendo, mais e mais provas da influência dos extras terrestres no dia a dia da humanidade, e com poucos sendo interessados em nosso bem estar e desenvolvimento espiritual.Más, religiosos, jamais irão, nāo só faltar capacidade de discernimento, como ter preguiça de pensar e se auto educar.

      Excluir
    3. Obrigado pela participação, companheiro.
      É verdade, a Preguiça SEMPRE será inimiga do Conhecimento.
      E como as pessoas se libertarão, através do Conhecimento tão elucidadamente dito por Jesus, se antes não se libertarem das amarras da Preguiça e Ignorância?
      Fique na Paz!

      Excluir
  2. Bem, caro metafisico. Se você começar observando do critério cientifico, sim há vida extraterrestre, pois se utiliza a bíblia como referência neste post adicione esta informação que vai enriquecer o seu blog.
    Fomos criados pro Extraterrestres.
    E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
    Quem criou a terra estava fora da terra, óbvio qualquer referencia Celestes é extraterrestre! o.0
    Gênesis 1:2
    Do mesmo modo que a visão destes homens relata o mundo CELESTIAL (não terrestre).
    A mesma referência da visão é narrada por João em Apocalipse Cap.4, é uma representação de uma experiência do mundo celestial o Trono de Deus. Logo são todas as duas visões tanto de de Ezequiel quanto a de João extraterrestre e iguais. o.0
    Querido a bíblia na verdade o Pentateu (livros escritos por Moisés), tem intervalos cronológicos grandes, para ter uma ideia a narração de Adão até o dilúvio tem uns 2600 anos contados em menos de 10 capítulos. A bíblia é um livro simples e o fato de ser curta a História, em apenas um único capitulo e este versículo que pode ter durado alguns milênios de anos: E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. Gênesis 2:2
    Texto sem contexto não esclarece em ciência e como foi dito, deuses, anjos e figuras de luz são celestes e logo extraterrestres.
    Sobre a luz:
    Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João.
    Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.
    Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz.
    Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo.
    João 1:6-9
    Ser iluminado é de Deus e se Deus é celestial logo na sua ciência é extraterrestre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, meu caro desconhecido, e bem vindo leitor, concordo contigo. O que me falta agora é tempo pra publicar no Blog os relatos apresentados num livro que encontrei, bem antigo e num sebo, mas muito bom, não mais reeditado (por que será?) chamado "A Bíblia e Os Extraterrestres" da anitga Edições de Ouro, que também não existe mais.
      Mas tão logo arrume tempo, vou me dedicar mais ao tema este ano, pois como disse um Mestre Cósmico muito famoso, chamado Jesus, "o" Cristo, não "Jesus Cristo", como afirmam os religiosos evangélicos e Católicos: "E Conhecerão a Verdade, e a Verdade os libertarão".
      Tolice é alguem achar que um livro tão incompleto como a Biblia (que Sagrada é invenção humana), possa ser referencia sobre nossa origem e tudo o mais que existe no Universo.Até em parte revela sim, mas a mentalidade humana da maioria não consegue enxergar a Verdade através de seus textos.
      Culpa em parte de Constantino e seu Concilio de Nicéia, que no passado, detonaram muita coisa que era pra constar na Biblia Moderna, como o Livro de Enoch, por exemplo. Mas a Verdade vai aparecer, acredite.
      Esse povo ainda vive na Matrix, e peço aos Celestiais que um dia os acordem, como fez conosco. Só se libertando das amarras da Religião (algumas, naturalmente) é que o ser humano da Terra (que fique claro isso) chegará ao Trono da Verdade.
      Os terraqueos precisam ver mais filmes de ficção, a Vida imita a Ficção.De alguma forma, ainda que nas entrelinhas, a Verdade está também nos filmes.
      A Inteligencia Artificial, por exemplo, será vista no aguardado "Vingadores 2 - A Era de Ultron" em Abril.
      Mas as pessoas estão mais compenetradas na Tecnologia do dia a dia com seus smartphones , tablets, Redes Sociais, e não estão percebendo que, bem acima de suas cabeças, nossas nuvens estão rodeadas de "expectadores, bem,mas bem antigos e superiores.."
      O engraçado é que o Sistema Evangélico prega uma frase muito conhecida, "elevo meus olhos para o Alto, e de onde vem o meu socorro? o meu socorro vem do Senhor", sem ao menos se darem conta na profundidade dessa frase e seu teor extraterrestre. Incrivel.
      Tomara que a raça humana deste mundo alcance mesmo as estrelas como esperam Jesus e alguns Celestiais. Porque a maioria deles já está de saco cheio dos humanos.

      Excluir
  3. Sou cristão, doutor em Teologia, mas também sou mestre em Ciências Fisico-Químicas.

    Acredito na Bíblia, como um registro da relação de Deus com o Universo. E acredito também que nós (terráqueos) não estamos sozinhos no Universo. E, além disso, acredito que nós somos fruto de civilizações que estão (ou estavam) localizadas em outro lugar, extra-Terra.

    Normalmente, não falo isso abertamente, pois seria "crucificado" como Jesus Cristo o foi, que trouxe uma nova visão aos Ensinos Bíblicos.

    Abraços, e estamos juntos!

    ResponderExcluir
  4. Uma pergunta: Suponhamos que realmente Deus e os demais Anjos sejam na verdade extraterrestres ou alienígenas. Como ficaria todo o restante das escrituras? E todo o contexto que permeia ela? Por exemplo, Deus nos prometeu dar a vida eterna, acabar com as doenças, eliminar seu inimigo (Satanás) e transformar a terra novamente no Eden. Os alienígenas que contatam a humanidade a séculos e ate os modernos, alguma vez prometeu isso à humanidade em seus contatos? Os aliens tem um inimigo? Em que sentido seria este inimigo? Como fica todo o resto da Bíblia diante dessa idéia de Aliens?

    Eu acredito na existência sim de aliens, vivendo no universo, mas não os vejo como os uso logos vêem e não creio que são o que eles dizem que são!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em primeiro lugar, obrigado pela sua visita ao meu Blog.
      O simples fato de ler a postagem, e ficar intrigado com o conteúdo, já faz de voce um questionador. Isso, meu caro, é muito bom. Bom para a evolução humana, pois em muitos casos, os seres humanos são meros repetidores de outros, ditos líderes, seja no Sistema Religioso, Politico ou Global. Devemos ser verdadeiros pontos de interrogações ambulantes. Questionar. Pois do questionamento vem o aprendizado. Nem sempre, é verdade, mas já é um começo.
      E acredito que voce seja evangélico, diante de sua posição. Se leu a minha postagem sobre o Sistema Religioso, vai entender melhor o que eu quero te esclarecer. Tambem fui como voce, um questionador, a principio defendendo a Igreja e suas doutrinas, contra qualquer sistema opositor a ela. Mas daí acordei, e um dia fiz a grande pergunta que muitos temem em faze-la dentro das igrejas: "Deus, me mostre a Verdade". Se voce assim o fizer, e for sincero em sua postura e questionamentos, prepare-se para se surpreender. O Conhecimento liberta o Homem. Não é novidade, isso Jesus já dizia em "Conhecerão a Verdade, e a Verdade os libertarão". Mas quando voce está na igreja, no Igrejismo, e não em Jesus, voce tende a pensar que o Mestre se referia a se libertar de tudo o que fosse contrario à Igreja, como sendo ela a fonte absoluta da Verdade, quando no fundo, ele quis dizer justamente o oposto: sobre os enganadores e hipócritas que em seu âmago vivem, deturpando os reais ensinamentos do Mestre Excelso.
      Voce, em primeiro lugar, antes de pedir a Deus, seja lá como voce o conceba, deve se libertar dos grilhões que aprisionam sua mente, abrir as portas de seu ser para essa Verdade. Compreender o que para muitos ainda é inexplicável. E voce então finalmente descobrirá que faz parte de algo muito maior que qualquer Ciencia ou Religião da Terra poderia conceber. Que Deus é muito maior, infinitamente superior aos conceitos humanos dados a Ele. E então voce entenderá o que Jesus verdadeiramente deixou de legado para todos nós...
      Leia mais, aprofunde no Conhecimento. Ele enriquecerá sua alma, e te libertará das trevas da Ignorância.
      E o primeiro passo voce já deu. Questionou. Agora dê o segundo: DESEJE!

      Que o Criador ilumine sua vida e te dê Paz!

      Excluir
  5. Olá !
    A cena do monte de oliveiras, na noite antes da morte de Cristo é ,na minha opinião,um relato claro de aparição extraterrestre.

    ResponderExcluir
  6. comentei isso com meu filho e ele fez muita gozação comigo, eu falei que os seres humanos estão destruindo o planeta assim como destruíram outros planetas e foi trazido pra cá para recomeçar, não foi a toa que somente os dinossauros morreram, pois era a unica ameaça que os novos humanos trazidos tinham para sua sobrevivência. e vai acontecer novamente somente alguns será levados para uma terra melhor para recomeçar, é uma pena que ta na índole dos humanos a destruição e vão fazer tudo novamente.

    ResponderExcluir
  7. Oieh! Rony primeiramente quero prestigia-lo pelo seu blog pois é de suma importância que questionamentos sobre nossa origem, crenças e evolução comecem a se espalhar pela internet, como dito antes, sempre é ótimo se questionar, ser crítico no entanto, não há como indagar sobre as coisas senão houver um "combustível" que inicie todo esse processo, e seu blog como de muito outros já estão "colonizando" os campos da mente de milhares de pessoas, que vitimas da "MATRIX" são escravas de conclusões dadas por tal sistema.
    E eu claro, sempre amei esses assuntos porque de verdade, sempre me perguntei sobre minha origem, sobre o mundo em que vivo, de onde vim?, pra onde vou?, qual é o real tamanho do universo?, desde quando existe o universo?, quem é o nosso supremo Deus Jeová? entre muitas outras perguntas que faço todos os dias e que procuro os caminhos para obter as minhas respostas em livros, sites, blogs como o seu que por sinal fiquei fã logo de cara.Sempre fui uma pessoa religiosa mas também sempre acreditei na ciência e que não estamos sozinhos nesse imenso universo que nos rodeia. Eu comecei a pesquisar muito a respeito da influência de civilizações extraterrestres na cultura humana, nos deixando técnicas de engenharia, de cálculos e etc, pelo livro Eram Os Deus Astronautas de Erich Von Daniken, a patir daí minha mente se abriu pra outra visão de mundo e até hoje venho pesquisando, lendo sobre esses assuntos: arqueologia, ufologia, ciência e religião. Porém mesmo tendo minha mente se aberto para esta visão ainda tenho fico muito confuso a respeito da influencia extraterrestre na narrativa Biblica! Não sei se é uma espécie de choque emocional pois minha vida inteira acreditei numa coisas e agora acredito noutra. Se for verdade que nosso Deus criador seja um extraterrestre, como ficam as promessas que ele nos deixou no evangelho? Como é um Deus extraterrestre? Não consigo imaginar num Deus Extraterrestre, porque acredito ele seja uma ser supremo de amor e luz, um ser espiritual. Relembrando que acredito e sempre acreditei em civilizações extraterrestres e acredito que eles influenciaram costumes e tradições da humanidade ao longo do tempo. Me ajuda, o que você me diz. (Me perdoe pela Bíblia que escrevi).

    ResponderExcluir
  8. Olá, companheiro!
    Primeiramente, obrigado pela visita ao meu blog e pelos elogios.
    Tão logo eu possa, entrarei em contato contigo, não se preocupe.
    Você é um buscador, assim como eu.
    Aguarde meu contato em breve. Temos muito o que conversar.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  9. Sempre pensei dessa mameira!muito bom!

    ResponderExcluir
  10. Olá Rony. Quero cumprimentá-lo pelo contexto brilhante de seu Blog, tenho por muitos anos tentado compreender muitos livros sagrados de uma maneira eclética e racional. Não fico me questionando muito sobre o lugar para onde vou, porque sei que enquanto as demais pessoas não evoluírem psicologicamente, deixarem de lado os dogmas religiosos, não haverá o tão sonhado e esperado arrebatamento descrito na Bíblia, onde muitos serão chamados e poucos serão escolhidos. E que para esse planeta ser um tal "paraíso" será preciso diminuir drasticamente o número da população que nele habita. Hoje é irrefutável a constatação de seres de outros planetas, bem como dizer que somos o fruto de uma experiência genética. Como muitos, fui religioso, mas não me abstive de confrontar minha existência nesta terra. Já liberto do dogma religioso, assim como você e muitas pessoas,sou um pesquisador de minha própria existência. E realmente, se não tivessem destruído os dinossauros, nós não estaríamos aqui. Forte abraço...

    ResponderExcluir
  11. Beleza,Deus extraterrestre. E Satanás seria o quê? Et também?

    ResponderExcluir
  12. Uma dúvida? Ou ironia?
    Se for ironia, voce acha que Deus é o que? Terráqueo?
    Mas respondendo sua pergunta: Sim, "Satanás" também. Todos são, pois não foram criados na Terra.
    Somente para pessoas ainda de pouco conhecimento, ignorantes, ou irredutíveis em sua forma de pensar é que acredita num deus terreno. Se assim fosse, teríamos dúzias deles...

    ResponderExcluir
  13. Extraterrestres existem estão sobre nós entre nós,somos frutos de manipulação genética de extraterrestres com intervenção de algo maior,foi uma herança cósmicas,há muitas moradas na casa de.meu pai.

    ResponderExcluir
  14. É isso aí, Sávio!
    Disse tudo.

    ResponderExcluir