sábado, 18 de março de 2017

A incrível história de Asimo, o robozinho da Honda

Acredito que muitos já imaginaram um futuro visto em filmes, onde humanos e robos/androides convivem entre si, esses humanoides podem vir no futuro a se tornarem reais e nos ajudar com diversas tarefas do dia-dia, liberando os seres humanos para um desenvolvimento maior. Um dos mais famosos e avançados projetos nessa linha é o Robo Humanoide Asimo desenvolvido pela mundialmente conhecida empresa japonesa Honda, que é especializada em veículos, mas tem como lema de The Power of Dreams (O Poder dos sonhos).


Modelo E0 – 1986

A trajetória do Asimo nos remete a 1986, nesse ano a Honda iniciou as pesquisas sobre os fundamentos básicos da caminhada de um bípede, diversos experimentos foram realizados até que o protótipo pudesse caminhar, perna após perna, mas para se ter uma ideia, levava quase 5 segundos para cada passo e só podia seguir em linha reta. O par de pernas recebeu o carinhoso nome de E0, nessa época ainda não havia sido batizado de Asimo, isso só iria ocorrer em 2000.
Modelos E1 – E2 – E3 – 1987 a 1991

O target dos 4 anos seguintes ao desenvolvimento do E0 era acelerar a caminhada dos protótipos, a Honda continuou a fundo nas pesquisas dos bípedes a disposição, de humanos a animais, nesse período de 87 a 91 foram desenvolvidos mais 3 notáveis protótipos, atingindo a velocidade de caminhada de 1,2 km/h um incrível avanço para a época.
Modelos E4 – E5 – E6 – 1991 – 1993

O processo de aceleração da caminhada seguia forte nos planos da Honda, além disso dois novos desafios foram traçados, o primeiro era o controle de postura do humanoide, principalmente no campo da estabilidade da caminhada e a superação de pequenos obstáculos, o segundo a automação de alguns movimentos. o Protótipo E5 foi o primeiro a ter a locomoção autonoma, o E4 já atingia a marca de 4,7 km/h de caminhada, muito similar a velocidade humana e o E6 tinha controle autônomo de equilíbrio e já subia e descia pequenas escadas e declives.
Modelos P1 – P2 – P3 – 1993 – 1997

Aqui começa a grande evolução do robo da Honda, a hora de dar funções e semelhanças mais humanas, era o momento do Humanoide passar a ter a parte superior do corpo integrado com a complexa ações das pernas. O desafio dessa etapa era ter um protótipo com a altura próxima a humana.
O P1 ganhou tronco, braços e até algo parecido com uma cabeça, mas o P2 mostrou a grande mudança, esse protótipo passou a ter cobertura em sua carenagem, e encantou o público por seus movimentos realistas. No último projeto dessa época o P3 atingiu os objetivos, definitivamente era um humanoide na qual o mundo poderia se afeiçoar , ele parecia futurista, algo fantástico como um astronauta.

ASIMO – 2000 – 2011

O nosso robo humanoide, não era mais um simples projeto, ele já era real e em 2000 ganhou seu nome, então no dia 20 de Novembro desse ano havia nascido Asimo. Asimo era fruto de dedicação e persistência que já durava mais de uma década de pesquisa e desenvolvimento. O nome Asimo é um anagrama para Advanced Step is Innovative Mobility (tradução livre: Caminha Avançada de Inovação e Mobilidade) em português é estranho, mas era o inicio de uma nova era.
O Robozinho está agora com 1 metro e 20 centímetros, além de facilitar seu desenvolvimento essa altura lhe permite ganhar suas primeiras funções básicas, como alcançar um teclado sobre a mesa, acender a luz por interruptores, abrir portas, alcançar balcões de cozinha e o objetivo principal, subir escadas, além disso com esse tamanho ele passa a ser ainda mais carismático, era um pequeno astronauta, como todas as crianças sonham em ser.

Por volta de 2002 a Honda inseriu as primeiras linhas de programação de Inteligência Artificial do ASIMO, agora o humanoide é capaz de interpretar posturas e gestos de humanos, já se move de forma independente em resposta as nossas interações. Ele já segue, cumprimenta e até mesmo reconhece rostos. Nessa época Asimo passa a ter acesso a internet.

Um novo update ocorreu em 2005 e Asimo agora passou a ter funções de carregar objetos, como bandejas com canecas, tem algumas alterações em sua postura e suavização de seus movimentos, o robozinho agora cresceu, ASIMO tem 1 metro e 30 centímetros e já consegue até correr a 6km/h, até em círculos.
Em 2007 outro grande salto na história do humanoide Asimo, ele passou a ter amigos, a Honda havia terminado de desenvolver as funções de tecnologia de inteligência e integração entre 2 ou mais Asimos, assim eles poderiam colaborar e dividir tarefas entre si, além disso outros updates interessantes foram adicionados ao Asimo, como cumprimentar pessoas automaticamente, saber a hora de se carregar e realizar essa ação independente, movimento autônomo e contínuo com a ajuda de sensores ultrassônicos que o ajudam a identificar rotas e desviar de obstáculos, câmera óptica e rádio de alta frequência para comunicação (IC COMM CARD) e a possibilidade de usar objetos para realizar suas tarefas.

ASIMO – 2011 para o Futuro

Em 2011 começa o projeto tudo novo para o Asimo, que agora é um humanoide totalmente autônomo, capaz de tomar decisões e possuir um comportamento adequado dentro de cada situação e em relação com as pessoas que estão ao seu redor. Asimo agora possui capacidade de equilíbrio e postura de alto desempenho, algo como reflexo, interação com humanos e outros Asimos por decisão do próprio e da forma com que se relaciona, graças a sensores de mudança e capacidade para gerar comportamento autônomo que permite que o robô façaprevisões a partir de informações coletadas e autonomamente determinar o próximo comportamento. O Asimo sendo preparado para interagir com humanos.

Suas novidades nesses últimos anos são: 

⏩Caminhar sobre superfícies irregulares
⏩Saltar e saltar com apenas uma das pernas
⏩Correr a ae 9km/h
⏩Reconhecimento visual das ações e cálculos avançados (como por exemplo servir uma bebida em um copo)
⏩Reconhecimento Individual, diferenciando as pessoas, sabendo a quem deve se dirigir em uma conversa, saber a hora de interromper um assunto para passar um recado
⏩Movimento Individual dos dedos, útil para diversas ações.
⏩Olhos para um rosto mais humanizado. 

E a Honda não para por ai, o Asimo está em frequente desenvolvimento para ser o futuro para da robótica e automação, ficamos no aguardo ansiosamente do futuro. Agora vocês conhecem o Asimo. 

O discurso de Milton Willian Cooper

Nota: O que segue é uma transcrição de uns 45 minutos de uma conferência dada por Milton Willian Cooper (MWC) em 17 de novembro de 1989, na “Whole Life Expo” em Los Angeles, Califórnia. Essa conferência foi transcrita palavra-por-palavra de um gravador cassete:

“Muitos de vocês não devem saber quem sou, eu nasci e cresci em ...uma família militar. Minha família e meus ancestrais sempre foram ligados ao governo desse país. Nós servimos em guerras do lado do nosso país e sempre acreditamos na Constituição dos EUA, nós aprendemos que a Constituição dos Estados Unidos da América é os Estados Unidos da América! Sempre a respeitamos e estivemos prontos para defendê-la em qualquer ocasião. Quando eu deixei minha casa, fui enviado à Força Aérea, o Comando Aéreo Estratégico. Quando eu era criança, eu ouvia histórias de meu pai e outros pilotos, meu pai foi um piloto, histórias sobre os FOO Fighters, UFO’s, estranhas naves que não haviam sido feitas na Terra.

Quando eu estava na Força Aérea, eu encontrei homens que haviam participado de resgate de UFO’s acidentados, isso me intrigou e me interessou, mas após algumas garrafas de cerveja, as histórias vem e vão e na manhã seguinte eu já não me lembrava o que o rapaz havia dito.

Deixei a Força Aérea e ingressei na Marinha, e foi aí que as coisas começaram a acontecer comigo. Eu me oferecia para fazer os serviços que poucos se ofereciam a fazer, as mais estranhas aventuras, era jovem, queria ter uma vida excitante. Eu fui voluntário nos submarinos, e servia no submarino USS Tyroot, SS-416, em transito entre Portland/Seattle e Pearl Habor era nosso porto oficial; Na base submarina de Pearl Harbor, ao ficar de vigia eu avistei uma nave, um disco chapeado, do tamanho de um navio, um porta aviões, eu não conseguiria fazer vocês compreenderem o tão grande era aquilo; era imenso, pairava sobre a água, à umas 2 milhas náuticas de mim, e a 45 graus da ponta do submarino. Ele virou vagarosamente sobre seu eixo, e acelerou rapidamente até as nuvens. Ele parecia mover-se lentamente, mas na verdade movia-se extremamente rápido, fez algumas curvas e então desapareceu!


Eu reportei isso ao oficial do convés. Eu não lhe contei exatamente o que havia acontecido, meu pai me disse para nunca revelar tudo o que vira, até que se tivesse certeza de que alguém mais na embarcação tenha visto a mesma coisa. Então eu perguntei ao oficial do convés se ele podia me ajudar a cobrir a área, e ele concordou, após alguns segundos de espera, a mesma nave, ou outra nave exatamente igual aquela, desceu das nuvens, girou sobre seu eixo e mergulhou na água. O oficial do convés ficou literalmente chocado! O que foi que eu disse? O marujo Dejeralimo, que estava na proa também presenciou isso, e o oficial chamou o capitão até a ponte, ele pediu para trazer uma câmera 35MM, e nós esperamos por uns 10 quando a mesma nave começou a entrar e sair d’água. Era um show incrível, não espirrava água ao mergulhar ou ao emergir, parecia ser de metal e obviamente devia ser guiado por alguma forma inteligente, podia voar como um avião e da mesma forma “voar” debaixo d’água, tente imaginar na tecnologia que seria necessária para se construir uma nave desse gênero, e como se já não bastasse isso, ela era imensa! Aquilo mudou a minha vida, pois agora eu sabia que todas as histórias que eu já ouvira sobre discos voadores eram verdade, e eu comecei a olhar o mundo de uma perspectiva diferente.

Um longo tempo depois eu fui treinado pela Segurança Naval em Inteligência. Fui enviado ao Vietnã. Fui designado como capitão de uma embarcação de patrulha, inicialmente na base DaNang, ganhei uma tripulação e um barco de patrulha de alguns milhões de dólares. Meu trabalho era coletar informações de inteligência das pessoas que viviam próximas à base e dos pescadores que por lá transitavam, e manter a segurança da base e suas embarcações. Após uns 5 meses, eu fui enviado ao Norte, à apenas 3 milhas ao sul da borda Norte Vietnamita, o trabalho era patrulhar o rio Tacan, coletar dados de inteligência e manter a ordem e segurança para o tráfego no rio.

Foi lá que eu fiquei sabendo da grande atividade de UFO’s no Vietnã. Eles eram reportados como “helicópteros inimigos” nas mensagens oficiais, mas qualquer um de vocês sabe que o Vietnã do Norte não possuía um único helicóptero. Nossas tropas ocasionalmente atiravam contra os “helicópteros inimigos”, e as tropas inimigas também atiravam ocasionalmente contra esses “helicópteros inimigos”, e ocasionalmente, pessoas desapareciam. E em algumas instâncias, vilas inteiras desapareciam em uma noite, após atividade alienígena.

Quando deixei o Vietnã eu fui eventualmente encorporado ao pessoal do Quartel General do Comando em Chefe da Esquadra Americana no Pacífico em Macalappa, Hawai, e mais especificamente, eu fui designado ao Time Inicial de Inteligência do Quartel General do Comando em Chefe da Esquadra Americana no Pacífico (T.I.I.Q.G.C.C.E.A.P. ).

Durante essa jornada de serviço, documentos com informações tão inacreditáveis e incríveis foram postos em minhas mãos que eu levei tempo para me ajustar ao fato de que aquilo que eu via era real. Agora alguns de vocês não devem estar entendendo como eu consegui ler essa informação, deixem-me dar um pequeno curso sobre níveis de segurança, que são os mesmos tanto para pessoas militares quanto do governo.
Você necessita liberação de segurança, e esse nível de liberação precisa ser compatível com a classificação do documento que você deseja ver. Neste caso estava classificado como “Top Secret - Majic, Restricted Information”, então eu necessitava obter o nível máximo de segurança existente na nação. Para conseguir esse tipo de liberação, você necessita passar por um teste do FBI , e durante 6 meses, agentes federais serão enviados à sua casa, à suas antigas escolas, a todos os seus ex-professores, seus amigos, a qualquer um que você tenha mencionado em seus relatórios de pedido de liberação, todos os seus antigos endereços, seus vizinhos, qualquer um para quem você já tenha trabalhado, e isso é embaraçoso porque você não pode contar a ninguém o motivo dessa inspeção.

Até agora, você conseguiu um “B.I.” e qualquer um que receba uma cópia do meu relatório de serviço verá na primeira página, o DD-214, e estará escrito: “Security Clearance” e ao lado a sigla “B.I.” que significa “Bureau of Investigation”. Agora você possui liberação para tudo inclusive Top Secret e mais alto. Isso determina que você pode ver o que você deseja saber, e o trabalho agora é determinar onde está o que você deseja saber.

Eu estava no T.I.I.Q.G.C.C.E.A.P., e eu podia saber qualquer coisa dessa área, qualquer operação tivesse sido realizada nesse hemisfério da Terra; O Oceano Índico, o Pacífico e todas as terras entre eles.

Por causa disso, você não possuía uma concepção da quantidade de informação e material que um comandante de área sabe; é inacreditável, e eu estava na trilha disso, no topo disso, como membro do Time Inicial, toda a informação tinha que passar por mim e ser analisado, numa base de 24 horas, tinha que relatar tudo que havia acontecido nas últimas 24 horas e programar tudo para as próximas 24 horas. Ocasionalmente, eu recebia mensagens classificadas como “Top Secret - Majic, Restricted Information”, e lá estava as respostas para as questões, respostas à perguntas que você jamais sonhara em perguntar, sobre tudo.

Mas eventualmente, eu me encontrei em poder de dois documentos; um chamado “Project Grudge”, e outro chamado “Project Majority”. Projeto Grudge continha a história de envolvimento alienígena, e a recuperação de um disco-voador pela Alemanha em 1936 e a posterior tentativa de duplicar a tecnologia. Eles não tiveram sucesso, se tivessem sido bem sucedidos, eles provavelmente teriam ganho a guerra, porque você não teria chances contra aquelas armas! Você não pode voar contra uma nave tão avançada, usando de tecnologia convencional. Se a Alemanha fosse bem sucedida, nós teríamos uma bandeira Alemã à frente deste pódio.

Mas as coisas seguiram o rumo que tinham que seguir. Quando nós fomos a Punta Mundy nós capturamos documentos, pegamos muitos cientistas e muito material. Os Russos também pegaram muitos documentos, cientistas e material. E até 1947 nós nunca havíamos capturado uma nave, e então conseguimos, não uma nave inteira, mas boa parte dela. E isso ocorreu próximo à cidade de O Caso Roswell, Novo México. Haviam alienígenas mortos resgatados da nave. No projeto Grudge eu vi fotografias desse alienígenas mortos, e da nave; eu vi fotografias de alienígenas vivos; fotografias de autópsias, órgãos internos; eu vi fotografias do alienígena designado como “E.B.” ou “EBE” que ficou em cativeiro de 1949 até 2 de junho de 1952, quando ele morreu.

Eu vi os nomes dos projetos. Projetos de voar em naves alienígenas recuperadas intactas e sem danos. Chamava-se “Project Redlight”, e foi primeiramente conduzido em Tonopah Test Range, em Nevada, e depois foi movido para uma área especialmente construída para isso, construída sobre ordem do presidente Eisenhower, chama-se “Area-51”, nome código “Dreamland” em Nevada. Ela não existe oficialmente, se você perguntar a qualquer um, ou escrever cartas ao governo eles lhe dirão que ela não existe. Mas se você voar próximo às suas bordas, você a virá, mas o governo dirá que ela não existe.

O projeto de voar, teste de vôo com essas naves, foi abandonado em 1962 quando uma nave explodiu há não muito longe do campo de testes, a explosão pode ser vista em um raio de três estados. Os pilotos morreram, e não se houve idéia do motivo de ela ter explodido, e pôs o projeto Redlight em espera, até que os alienígenas nos supriram com 3 novas naves e pessoal para nos ajudar e ensinar a voar com estas naves. O projeto continua sendo executado e agora não há mais nenhuma nave alienígena voando para nós, todas foram construídas na Terra com tecnologia capturada, e muitos dos avistamentos de UFO’s nos EUA, e talvez em toda a parte, são tripulados por pessoal dos EUA.

Pode ser um choque para vocês. Nós temos tecnologia muito além dos limites do que nós temos contado. Muita da nossa tecnologia desenvolvida após o fim da 2a. Guerra Mundial, foi fruto de uma troca de tecnologia com a Area-51 em uma base regular.

Muitos de vocês não devem acreditar que a “Jason Society” dos “Jason Scholars”, o grupo secreto, existiu, nós agora temos uma carta do Pentágono, com 51 nomes da “Jason Scholars”, uma admissão do Pentágono que eles possuíam o nível máximo de liberações de segurança da nação, uma admissão do Pentágono que eles têm a patente de Almirante, e são tratados como semelhantes em qualquer instalação militar e/ou escritório governamental. Existem 6 ganhadores do Prêmio Nobel na lista, eles são a elite da elite do mundo científico, eles são os únicos no mundo que conhecem a tecnologia verdadeira e sobre a verdadeira ciência física... Se você envia seus filhos à escola para aprender física, você está jogando seu dinheiro fora, porque o que está sendo ensinado não é verdadeiro, não é real. Gravidade não é aquilo que você aprendeu que era. Existe uma Teoria Unificada! Nós já sabemos o que é isso; isso é aquilo que faz essas naves voarem, é absolutamente inacreditável.

Quantos de vocês ouvem o programa de Billy Goodman’s transmitido na KVEG de Las Vegas? Para os que não sabem, eu tentei sintonizar nela numa noite, entre 10p.m. e 1a.m.. É nos 840 no dial de seu rádio AM, e o assunto de toda a noite é sobre coisas que nenhuma outra pessoa na imprensa dos EUA se atreve a tocar, todas as noites, exceto a de Sábado. Você pode ligar lá e conversar com outro espectador, você tem 3 minutos para dizer o que você necessita dizer, e todas as noites eu estou disponível ajudando a expor isso.

Quando John Lear e eu pela primeira vez dissemos o que estava se passando no Groom Lake, todos disseram: Vocês estão malucos, não há nada acontecendo nas proximidades do Groom Lake! Os ouvintes do Billy Goodman, fizeram uma excursão até lá, e todas as noites eles assistiram ao vôo de naves alienígenas...Toda a noite!! Na primeira noite, haviam 100 pessoas. E 100 pessoas viram 4 naves alienígenas voarem, fazendo coisas que nenhum aeroplano ou helicóptero poderia fazer. Agora eu não posso contar mais nada à vocês pois não há mais nada acontecendo em Groom Lake. O que eu posso contar a vocês não é sobre alienígenas, e sim sobre todos os projetos secretos do governo. Alguns tentarão desmentir isso, porque nós somos o que nós somos... e não somos uns iguais aos outros, e isso deixa-me muito feliz.

Agora, se você necessita ver o que está acontecendo, comece a prestar atenção em nossos filmes, nossa televisão, comerciais, seus programas alienígenas na televisão, leia Whitley Strieber’s Majestic, isso é uma parte de um plano de contingência chamado “Majestic” para testar a reação da população com a presença alienígena na Terra. E eu terminei meu estudo sobre o Livro Majestic de Whitley Strieber, e eu posso dizer à vocês que o que ele diz é pura ficção, real são os documentos sobre o projeto Grudge. Isso é parte de uma campanha do governo para deixar vazar informação em caminhos que eles possam negar o que é real. Existe apenas uma coisa errada com a informação nesse livro, as histórias dos personagens, eu não conheço nada sobre eles. O que eu estou falando sobre os supostos documentos do governo desse livro. Eu conto a vocês essa noite, eles são reais. Esses são aqueles mesmos documentos que eu vi no Projeto Grudge entre 1970 e 1973, e onde nós nos maravilhamos antes, agora nós sabemos que esse Whitley Strieber estava trabalhando para o governo. E nós tivemos essa suspeita porque na frente do livro ele declara que conseguiu a informação e recebeu auxílio pelo grupo de pesquisas de Moore, Shanderey e Friedman.

Eles estão descendendo você e não está chocado, então não haverá o colapso da sociedade como nós a conhecemos, a estrutura religiosa. Não há nada que nós possamos fazer quanto a isso, pois isso já aconteceu, existe um segmento da população que venera os alienígenas, e eles não são diferentes de nós; eles existem em qualquer parte, e têm um ponto de vista um pouco diferente. Eles não são deuses. Mas já existe pessoas adorando-os eles predisseram que isso aconteceria e puseram a estampa secreta em cima de tudo.

Vocês sabem, que não há nada realmente errado com o que está acontecendo, exceto por três pontos:”
[Cooper esqueceu de mencionar a terceira, ou incluiu no segundo ponto.]

Quando eles decidiram por manter em segredo, eles necessitaram financiar isso, eles não podiam contar ao público, então eles não podiam contar ao Congresso. Eles decidiram por financiar isso com a venda, importação e venda, de drogas. Agora nos documentos que eu li, em Operação Majority, está especificamente escrito que quando George Bush foi presidente e CEO da Sapata Oil, ele, em conjunto com a CIA, organizaram a primeira grande importação de drogas em larga escala nesse país, das Américas Central e do Sul por barcos de pesca, para as plataformas de petróleo em alto mar da Sapata Oil, e de lá para a praia, passando por todas as inspeções e leis. Eles estão lentamente levando as drogas, para uma extensão limitada dessa maneira. Outra maneira é pelo contrato de aviões pela CIA, e uma de suas bases de pouso em Homestead Air Force Base na Flórida. Nós temos depoimentos de controladores aéreos que vetoriaram os aviões, os quais foram ordenados a não interferir com isso em nenhum caso. Nós temos depoimentos do pessoal da Homestead AFB que disseram que os aviões foram carregados por Jeb Bush, filho de George Bush. Nós temos depoimentos de pessoas que trabalham no Golfo do México, nós negócios de petróleo em alto mar, eles afirmaram ser verdade, as drogas estão vindo, pelo menos uma parte delas, das plataformas de petróleo em alto mar.”

[Da audiência vêm uma clara exclamação, “Nós dissemos não?”]

“Perdão? Certo! Nós dissemos não! Bem isso é o que devemos fazer senhoras e senhores com as suas ajudas. Nós devemos dizer não, não mais! E se você tem como fazê-lo, você está no ato. Você deve agir ou assistir seu país descer pelo cano.

Agora, um desses pontos está errado. O próximo ponto está errado, para manter a informação em segredo, eles mataram diversas pessoas que tentaram divulgar isso. E esse ponto está errado ou incompleto, pois senão eu não estaria andando na face da Terra agora. Eles mataram o Presidente Kennedy, e durante essa exposição, muitos de vocês não devem ter visto a fita, eu mostrarei a vocês, quem atirou no presidente e porquê o fez. Entre 1970 e 1973 na Operação Majority está declarado, palavra-por-palavra, que o Presidente Kennedy ordenou ao MJ-12 para cessar a importação e venda de drogas ao povo americano, ele ordenou que fosse criado um plano para revelar a presença alienígena na Terra ao povo americano até o final do ano. Seu assassinato foi ordenado pela polícia do comitê de Vilderbergers. MJ-12 implementou o plano e executou-o em Dallas. Isso envolveu agentes da CIA, Divisão 5 do FBI, o Serviço Secreto, e o Escritório da Inteligência Naval. Presidente Kennedy foi assassinado pelo motorista do carro, seu nome era William Greer, ele usou uma pistola de assassinato, eletricamente operada, alimentada a gás, especialmente desenvolvida pela CIA para matar pessoas a pequenas distâncias. Ela dispara uma espécie de pílula explosiva que injeta uma grande quantidade de poção de marisco no cérebro, tanto é que nos documentos oficiais está declarado que o cérebro do Kennedy foi removido. Se você for estudar o caso um pouco mais a fundo, descobrirá que o cérebro desapareceu. A razão disso era para esconder qualquer fragmento da pílula or da poção em seu cérebro que poderiam provar conclusivamente que Lee Harvey Oswald não era o assassino. Em fato, Lee H. Oswald jamais disparou um tiro, ele foi a distração.”
[Senhor Cooper pausou breviamente e uma moça na audiência perguntou uma questão óbvia: “Porque você não foi assassinado?”]

“Se eles me matassem agora, o que vocês pensariam?

Que tudo o que disse era verdade!

Se ele está certo, nós precisamos dele. Se eles tocarem em mim, todos que me ouviram falar ficarão absolutamente convencidos que tudo o que eu disse era verdade.

Eventualmente eu trouxe provas, na exposição vocês poderão ver que tudo o que eu disse é real e está acontecendo.

Ok, eu tentei revelar tudo, breviamente, nesse 45 minutos, mas isso é muito pouco tempo para abranger muitas coisas.”


O senhor Cooper anunciou então o horário da sessão de exposição no próximo dia, onde seriam mostradas as provas, ele então abriu a discussão para quem quisesse fazer perguntas.

Uma abafada questão foi ouvida da frente da sala, em essência perguntava: “O que houve com todo o pessoal da imprensa e outros que estavam em Dallas e que viram o assassinato? Como eles não contaram nada sobre quem atirou? Não houve nenhuma repercussão?”

“Nós sabemos que 18 das pessoas que viram o que aconteceu morreram a até dois anos após o assassinato. As curiosidades sobre o que aconteceu são 1 em 300 trilhões.”
respondeu Cooper.

Outra pessoa questionou: “Porque o motorista atirou em Kennedy?”

“Porque os outros erraram. Houve um total de 3 tiros contra o Presidente Kennedy, um acertou-o na garganta e não o matou, dois deles acertaram o John Connely. O tiro que acertou Kennedy na garganta veio orteiro gramado. Os outros dois tiros vieram diretamente de trás da limusine, não do depósito de livros da escola, e acertaram o Governador Connely, no círculo da inteligência ele era conhecido como o homem “que sabe”, porque ele recebeu dois tiros e manteu sua boca fechada.”

Como o motorista, sentado na frente do carro, do lado esquerdo do carro foi capaz de disparar contra o lado direito da cabeça de Kennedy que foi como a bala penetrou, parece ser virtualmente impossível...”
perguntou outra pessoa.

Cooper mediu a essência da questão e disse:

“Para muitos de vocês que estão ouvindo tudo isso, parece ser um “talking show”, se vocês puderem vir à exposição, eu mostrarei a vocês o vídeo, e tudo estará explicado. Vocês verão como Kennedy caiu sobre Jackie e sua cabeça foi em direção oposta, é muito simples e vocês poderão ver com seus próprios olhos.”

Houve outra pergunta abafada questionando porque não havia repercussão do que Cooper estava disseminando e porque o que ele sabia ficou mantido em segredo por tanto tempo, e ele respondeu:

“Eu ia falar sobre isso agora. Bill English havia falado sobre isso há 8 anos atrás, mas todos riram dele. John Lear falou disso há uns 3 anos, e todos riram dele. Agora, há muitas pessoas falando sobre isso, e as pessoas estão começando a ouvir, e já estava na hora. Porque já estava na hora de nós pararmos de ser iludidos e começarmos a pensar no que exatamente eles pensam que nós somos.”

Outra pergunta era sobre a tecnologia alienígena: “Ninguém levou uma pesquisa mais detalhada sobre o tipo de energia que os alienígenas usam?”

“Algumas poucas pessoas pesquisaram isso e experimentaram, mas foram forçadas a parar e assim todos continuarão. Porque se você disponibiliza energia gratuita, abundante e segura para todos, você deixa de ter o poder sobre os que necessitam de energia. Entende? Por isso eles continuarão a parar as pesquisas desse segmento.”

“No filme do assassinato, que deve ter sido examinado por experts, como você concluiu que foi o motorista quem matou Kennedy?”

“Todos os filmes que você pode comprar sobre o assassinato possui um segmento cortado, e você pode ver isso prestando atenção numa pessoa que estava em segundo plano, ela estava correndo junto acompanhando o carro, para cima...subitamente essa pessoa aparece correndo em direção oposta, para baixo. Você pode ver isso na maioria dos clipes da TV e nos filmes. Isso acontece porque uma parte foi cortada! E muitos de vocês quando vêem a cena na TV nunca olha para o motorista. Se você por realmente honesto com você, e comigo, você notará que sua visão sempre está concentrada em Kennedy.”
Uma mulher pediu um exemplo de tecnologia alienígena que esteja sendo empregada pelos militares ultimamente e Cooper respondeu: “Sim, existe bastante tecnologia alienígena sendo empregada pelos militares, um exemplo é a tecnologia “Stealth” do avião invisível, que está voando há 10 anos antes de nós tomarmos conhecimento.”

Muitos ficaram revoltados com o que iam descobrindo, mas Cooper explicou a eles que não adiantava a revolta, explicou como eles estavam sempre agindo dentro da constituição dos EUA, perguntou a alguém saberia dizer o que diz a constituição integralmente diz que se deve pressionar o governo, o Congresso, o Presidente, ensinar e aprender, e só divulgar o que se tem certeza de que é verdade, e usar o poder do voto para pressionar e trazer a verdade à tona.

Um senhor perguntou: “O que eles negociaram com os alienígenas em troca da tecnologia?”, Cooper respondeu calmamente: “Pessoas e animais”

Outro homem perguntou: “E a União Soviética faz parte disso?”
“A URSS e os EUA possuem alianças desde o fim da 2a. Guerra Mundial e estão trabalhando nisso secretamente, durante todo o tempo. Os soviéticos possuem as mesmas coisas que nós, sim. O que você vê acontecendo agora na URSS não é resultado das pessoas se levantarem e dizerem: ‘Nós necessitamos ser livres’. Isso acontece por causa dos banqueiros internacionais, eles estão dizendo, ‘Você derrubará essas fronteiras, e você se associará com o Ocidente, o Ocidente necessita de mais pessoas livres, precisamos por uma ecnonomia planetária única...e ter todo o poder.’ Isso é o que está acontecendo! Se você não acredita, acompanhe o que está acontecendo e espere.”

Uma mulher suspeita perguntou: “Porque o veneno de marisco era necessário? Uma boa parte do cérebro foi estourada de qualquer forma.”

Cooper: “O veneno de marisco? Se você vai matar alguém, algo você têm que aprender, eu aprendi isso realmente bem, eu aprendi isso realmente bem quando fui enviado ao Vietnã; justamente porque quando você atira contra alguém, você não têm certeza se esse alguém vai realmente morrer, esse alguém poderá ficar louco e aí você estará morto. Se você realmente necessita matar alguém, você não pode brincar, se você quer matar, você mata, não fica brincando, você tem que ter certeza que realmente acertou o alvo e que este realmente morreu.

Continuando a próxima questão foi completamente ininteligível, mas o Senhor Cooper possui um bom sistema de endereço público para quem tiver maiores dúvidas e quiser amplificar essa resposta: “O primeiro pouso na Lua foi em 22 de maio de 1962...ou, desculpe-me, essa foi a data do primeiro pouso em Marte. Me desculpem, 22 de maio de 1962 , foi a sonda alada usando um propelente de hidrozine, completou cerca de 3 órbitas, fui resultado de um esforço Russo/Americano. O primeiro pouso na Lua, foi em meados de 1950, nós já possuímos uma base lá.

“E quanto a Marte?”
alguém perguntou.

“Nós já temos uma base lá também” Cooper responde calmamente.

“Quando isso aconteceu?”

“Eu não sei a data exata, mas sei que o projeto se chamava Adão e Eva”.

“Desde quando você sabe disso?”

“Bem, eu revelei isso publicamente em 2 de julho de 1989, o governo, a fim de fazer o povo não me escutar, disse que pretendia construir uma base na Lua e uma colônia em Marte. Agora, 3 dias antes do meu discurso, representantes da NASA disseram: ‘Nós não podemos ter uma colônia em Marte, é impossível, Marte é um planeta morto’. Mas Marte não é um planeta morto, eles mentiram a vocês sobre Marte.

“Meu nome é Dave
[o sobrenome foi ininteligível], Eu sou uma representante do Crystic Institute, e eu gostaria de saber porque quando nós mandamos representantes até sua casa, a seu pedido, você falhou em produzir qualquer documento que substancie suas alegações”

“Em primeiro lugar, não foi a meu pedido. Eu nunca contatei o Crystic Institute em minha vida. Eu fui ao Carol Hemingway Show, ela contatou o Crystic Institute, ela disse a Daniel Shehan que eu estava dizendo algo sobre Bush e drogas no seu show. Ele me chamou e me disse que precisava enviar um investigador, em fato, ele me disse para ajudar o investigador porque ele era novo nesse serviço, seu nome era Wayne Nelson, ele era um bom cavalheiro, ele ficou em minha casa por 2 dias, eu dei a ele tudo o que eu tinha. Eu nunca disse a Daniel Shehan ou a Wayne Nelson que eu possuía algum documento, em fato disse o seguinte a Wayne Nelson: ‘Wayne, se eu possuísse tais documentos, eu não admitiria, porque eu não conheço nada sobre você ou sobre Daniel Shehan, então, o que os fez pensar que eu os daria a vocês.’ Se eu desse tais documentos, sei que esses desapareceriam, essa foi a minha idéia. Wayne Nelson foi à minha casa com uma porção de papéis que substancializavam a presença de alienígenas na Terra, e ele mantém isso em segredo, pois não quer perder sua credibilidade.”

“Nós necessitamos de mais patriotas neste país e não pessoas tentando fazer nome para si mesmo, não pessoas tentando expor muitos traficantes de drogas, porque eles não são os verdadeiros fornecedores. O verdadeiro vilão está na Casa Branca! E você pode contar isso ao Daniel Shehan!”

“Porque Jackie Kennedy não revelou a fonte do tiro fatal?”
- Perguntou um membro da audiência.

“O que ela poderia contar? O Serviço Secreto matou o seu marido, sendo que fora selecionado para protegê-lo. E quem estava com suas crianças? Esse mesmo Serviço Secreto.”

“E sobre a nave que caiu em Roswell, Novo México, destruindo a nave e matando todos os ocupantes alienígenas?”
perguntou o jovem rapaz.

“Todos os alienígenas morreram mas a nave não foi completamente destruída, e sim foi severamente danificada.”
“E sobre a Alternativa-3? Ela é verdadeira?”

“Alternativa-3 é verdadeira assim como é a Alternativa-2.”


Um homem de uns 30 anos no máximo levantou a mão, e aparentemente foi reconhecido pelo sr. Cooper, ele perguntou se podia subir ao pódio e continuar a audiência”.

O que eu tenho a dizer, são os agradecimentos ao sr. Cooper por estar repercutindo isso. Uma porção de amigos meus, pelo que sei agora, estiveram envolvidos nas Forças Especiais dos EUA, Localização e Pesquisa de UFO’s, nos anos de 1971 a 1975. Meu nome é Richard Murray, eu servia na base do 71o. Grupamento de Controle Aéreo, McDill Base da Força Aérea, Tampa, Flórida. Nós estávamos no ‘Comando de Radar Móvel’, prontos para combate e batalha. Nós podíamos ser carregados em um avião e em uma hora já estávamos em áreas prontos para setar o radar. Muitas vezes fomos enviados aos arredores da Base da Força Aérea Inglaterra onde eles estavam fazendo uma “Alteração no controle de temperatura do tempo”, lá, eles testavam diversas aeronaves, no processo de redução e mudança de dimensão. Então, você sabe, eu permaneci quieto, em 1982 eles envolveram a vida de meus parentes e eu permaneci quieto, e, quando Wendel Stevens foi retirado... Eu adorei aquilo! E decidi contar tudo quando vi que alguém de alto escalão como o sr. Cooper estava falando a verdade, e posso dizer que todas as credenciais do sr. Cooper são verdadeiras, e tudo que eu ouvi hoje, eu já tinha ouvido antes, através de portas fechadas. E você realmente me ligou a isso ao contar a ligação com o assassinato de Kennedy. E há muitas outras ligações, como as com os cartéis da Colômbia e a lavagem de dinheiro. Eles estão atirando em qualquer um para manter o poder.”

Os Planos de Contingência:

O plano de contingência (Alternativas) será utilizado caso os alienígenas tentem conquistar a Terra, o plano consiste em dizer que um grupo terrorista está ameaçando explodir alguma grande cidade com um artefato nuclear, lei marcial será declarada e a Constituição desfeita, todas as pessoas com implantes (os implantes dão aos alienígenas controle total sobre a pessoa implantada, e todas as tentativas de remover esse implante, uma pequena esfera de 40 a 80 microns próxima ao nervo óptico, terminaram resultando em morte do paciente) serão cercadas e enviadas a campos de concentração, a imprensa será nacionalizada e controlada, qualquer um que tente resistir deverá ser preso ou morto.

Outro plano de contingência para conter a liberação de informações, trata-se em criar mentiras a fim de desacreditar os que possuem a verdade e afastar a maioria da população da verdade, fazendo os especialistas procurarem por algo que não existe.

“Tudo que eu revelo aqui, eu vi com meus próprios olhos, e consegui essas informações usando de meus próprios meios sem a ajuda de nenhum informante, a fonte desse material vem do Escritório de Inteligência Naval, e de uma operação de contenção contra o MJ-12 a fim de se revelar a verdade. Essas informações são verdadeiras e corretas, somente a história poderá provar que o que digo é a verdade.”


Milton Willian Cooper

Jan. 10, 1989

PONTOS PRINCIPAIS:

Pontos principais do discurso de Milton Willian Cooper ( realizado em 17/11/89, na "Whole Life Expo", em L.A, Califórnia)

1- MWC foi da Força Aérea, da Marinha e chegou a ocupar altos cargos, tendo direito inclusive a ver diversos documentos secretos do MJ-12.

2- Em 1947, os EUA conseguiram capturar uma boa parte de uma nave que havia caído próxima a cidade de "O Caso Roswell", Novo México. Além disso, havia também aliens mortos que foram resgatados da nave.

3- No projeto Grudge (que continha a recuperação de um disco voador pelos alemães em 1936 e a posterior tentativa de duplicar a tecnologia) ele viu fotos de aliens mortos e vivos, autópsias, órgão internos, além da nave. Também viu fotos do alien designado como "E.B" ou "EBE", que ficou em cativeiro de 1949 até 2/6/52, quando ele morreu.

4- Havia um "Project Redlight", que consistia em voar em naves aliens intactas. Ele foi primeiramente conduzido em Tonopah Test Range, em Nevada, e depois o presidente Eisenhower moveu-o para uma área própria para isso, conhecida como "Area-51", nome código "Dreamland", também em Nevada. Essa área não existe oficialmente.

5- O projeto Redlight foi abandonado oficialmente em 1962, quando uma dessas naves explodiu sem motivos aparentes (a explosão foi vista num raio de três estados). Esse fato pôs o Redlight em espera, até que os aliens nos supriram com mais 3 naves e pessoal para nos ajudar a voar. O projeto continua sendo executado e agora não há mais nenhuma nave alien voando para nós, todas foram construídas na Terra, e muitos dos avistamentos de ufo's nos EUA e talvez em toda parte, são tripulados por pessoal dos EUA.

6- Eles não podiam contar sobre os aliens ao público (causaria pânico), então, eles não podiam contar ao Congresso. Para arrumar fundos, tiveram de começar a importar e vender drogas. George Bush em conjunto com a CIA foi que organizou a primeira grande importação de drogas nesse país, por barcos de pesca, para as plataformas de petróleo em alto-mar.

7- O assassinato do Presidente Kennedy foi ordenado pela polícia do comitê de Vilderbergers e o MJ-12 implementou e executou-o. Isso envolveu agentes da CIA, Divisão-5 do FBI, Serviço Secreto e Escritório de Inteligência Naval. Kennedy foi morto porque ordenou ao MJ-12 que parasse com a importação de drogas e que fosse criado um plano para contar ao povo sobre os ufo's.

8- Quem realmente matou Kennedy foi o motorista (segundo MWC, todos os filmes que possuem o assassinato do presidente possuem um segmento cortado, e você pode ver isso prestando atenção a uma pessoa que estava no segundo plano. Ela está correndo para cima, acompanhando o carro, subitamente essa pessoa aparece correndo em direção oposta. E também porque ninguém também repara no motorista.)

9- Jackie Kennedy sabia do atentado a seu marido, mas não revelou nada pois o mesmo serviço secreto que matou seu marido estava tomando conta dos seus filhos.

10- O primeiro pouso em Marte foi em 22/5/62 e o primeiro pouso na Lua em meados de 50.

11- Nós já possuímos bases na Lua e em Marte.

12- O plano de contingência será usado se os aliens tentarem conquistar a Terra: o plano consiste em dizer que um grupo terrorista está ameaçando explodir uma grande cidade com um artefato nuclear. Lei marcial será declarada e a Constituição desfeita. Todas as pessoas com implantes (eles dão aos et's controle total sobre a pessoa implantada) serão enviadas a campos de concentração. Quem resistir será preso ou morto.

MILTON COOPER É MORTO

Em 06 de novembro de 2001, Milton William Cooper faleceu em um tiroteio durante uma manifestação da milícia direitista do Arizona, do qual era um dos líderes. A notícia está em seu site, MILTON WILLIAM COOPER. Ao que tudo indica, ele estava tentando resistir a prisão, mas não há maiores detalhes a respeito do acontecimento que culminou com a sua morte.

Milton William Cooper foi um dos principais expoentes da Teoria da Conspiração alienígena/humana e escreveu o polêmico O GOVERNO SECRETO: UM PACTO COM A MORTE – A ORIGEM, IDENTIDADE E PROPÓSITOS DO MJ-12, um artigo que foi apresentado em Las Vegas durante uma reunião do MUFON (Mutual UFO Network), em 1989. Seu artigo focalizava sua teoria sobre uma acobertação da queda de alienígenas em Roswell.

Milton também escreveu A CONSPIRAÇÃO UFO, um artigo que narra um suposto acordo envolvendo os Estados Unidos, a ex-União Soviética e seres alienígenas. Também é de sua autoria o livro SOCIEDADES SECRETAS – NOVA ORDEM MUNDIAL. Segundo Cooper, todo o material que ele divulgou era fundamentado em documentos ULTRA SECRETO/MAJIC que teria tido acesso entre 1970 e 1973, quando era membro da Equipe de Instrução da Inteligência do Comandante em Chefe da Frota do Pacífico. Apesar de nunca ter conseguido provar a veracidade de sua carreira na marinha e seu acesso a documentos secretos, suas declarações impactantes ainda percorrem o mundo como verdadeiras.

Nos últimos tempos, Milton desenvolveu seu próprio site. Nele, Milton enfocava os seus temores pelo futuro de nossa civilização que caminha para uma nova ordem mundial, tramada por um governo secreto (entre outras coisas). Atualmente ele lidava com a conspiração para usar a AIDS como meio de reduzir a população de negros, hispânicos e homossexuais.

Armas futuristas que já estão em produção

Há uma célebre frase de Albert Einstein através da qual o físico diz não saber como será a Terceira Guerra Mundial, mas que a quarta seria lutada com paus e pedras. E não há como negar que o poder de armamentos militares está cada vez maior, fazendo com que a frase do pai da Teoria da Relatividade talvez não esteja tão equivocada assim.

Porém, isso não tira o nosso espanto e até mesmo admiração em relação ao desenvolvimento das tecnologias que são empregadas nessas novas armas do futuro. E lembre-se: a lista abaixo diz respeito apenas a uma parcela dos inventos que se tornaram públicos. Imagine quais são as tecnologias que ainda estão guardadas longe do olhar dos curiosos, em projetos secretos que talvez nunca cheguem ao nosso conhecimento.


1. Organismos sintéticos imortais

De acordo com a revista Wired, a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) dos Estados Unidos possui um projeto curioso e um bocado assustador. Com investimento de 6 milhões de dólares, os cientistas planejam criar formas de vida sintética que possam viver por um tempo indeterminado e que, presumidamente, poderiam ser usadas para obedecer às ordens de humanos.


E para o caso de a criatura ficar inteligente demais e se rebelar contra a humanidade ou simplesmente evoluir de maneira não prevista, o projeto já prevê a implantação de um código-genético que mata o ser artificial quando os responsáveis bem entenderem.


2. Munição de metal fundido

Mais uma da DARPA. Desta vez, os planos consistem em munições para perfurar veículos blindados, como tanques de guerra, aviões e navios. Esse tipo de armamento já existe, mas, segundo a página do projeto, essa nova munição forneceria mais controle e eficiência durante o uso.


A Munição Explosiva de Magneto Hidrodinâmico (MAHEM) utiliza metal derretido propelido pelos campos magnéticos de explosões e é disparada dentro de mísseis e projéteis diversos, sempre com o intuito de perfurar blindagens.

3. Laser de elétrons livres

Quem cresceu assistindo aos filmes de ficção científica que fazem uso extenso de armas laser pode começar a se preocupar: elas estão se tornando realidade. O Laser de elétrons livres que está sendo desenvolvido pela marinha americana estará presente em navios de guerras e será capaz de detectar e destruir mísseis ou outras ameaças que tenham sido disparadas pelo inimigo.

O raio disparado pela arma tem frequência maior do que de qualquer outro laser e pode ser ajustado para agir de diversas formas, de micro-ondas a raio X.

4. Canhão eletromagnético

O conceito dessa arma é antigo: a eletricidade é usada para disparar um projétil, acelerando ao longo de um par de trilhos feitos de metal. Porém, o exército norte-americano planeja lançar uma versão aperfeiçoada, cuja munição será disparada na velocidade de 2,4 km/s, ou seja, sete vezes a velocidade do som.


Infelizmente, teremos que esperar para ver no YouTube alguns vídeos do funcionamento dessa arma. De acordo com o site Smashing Lists, o exército acredita que tal dispositivo esteja pronto daqui a 10 ou 15 anos.

5. Insetos hackeados

Quem é que nunca desejou ser uma mosca só para poder entrar despercebido na sala em que acontece uma conversa superimportante e de portas fechadas? Pois, se depender da DARPA, ninguém vai precisar sentir as agonias de Gregor Samsa, que no livro “A Metamorfose” acorda transformado em um inseto. Em vez disso, espiões poderão enviar baratas e outros bichinhos modificados ciberneticamente para monitorar e descobrir o que está acontecendo em ambientes secretos.


Para a produção dessa verdadeira arma da guerra pela informação, os cientistas implantam os controles mecânicos no inseto enquanto ele ainda está sendo formado. Depois de adultas, essas pequenas criaturas são controladas com a ajuda de GPS e impulsos elétricos disparados em seus músculos.

6. Campo de força para tanques

Que tal tornar um tanque de guerra ainda mais poderoso e indestrutível com um campo de força como aqueles que costumamos ver em desenhos animados? Bem, não é que aquela redoma transparente e intransponível já exista, mas o fato é que as Forças de Defesa de Israel criaram uma tecnologia muito similar e que já está em fase de testes. 


O Trophy é um sistema de proteção ativo para veículos capaz de interceptar e destruir mísseis e foguetes automaticamente, com a ajuda de armas acopladas exclusivamente para esse propósito. E apesar de ter sido criado para veículos grandes e pesados, como tanques de guerra, uma versão “light” da tecnologia já tem sido desenvolvida para veículos menores.

7. Lançador de granadas XM-25
XM-25: lançador de granadas com precisão nunca antes vista
Essa é, provavelmente, a arma mais destrutiva desta lista e já tem sido usada em combate desde o ano passado, em operações no Afeganistão. Apesar de já ser realidade, o lançador de granadas XM-25 é uma arma que acabou de “sair do forno” e, por isso, dá uma ideia de como será a próxima geração de armamentos dos EUA. 

O grande diferencial desse lançador é poder disparar até 25 granadas altamente explosivas a praticamente qualquer distância visível, graças ao computador embutido que essa arma possui. Com isso, ela é capaz de realizar rapidamente os cálculos necessários para os disparos, tornando-a muito mais eficaz. Tremam, inimigos, pois essa combinação de computador com arma será cada vez mais frequente.

Fonte

segunda-feira, 13 de março de 2017

O que poderá acontecer caso seja divulgada a verdade sobre os Extraterrestres?

Há uma clara e definida razão do porquê da “elite” deste mundo não querer o Desacobertamento Extraterrestre, e é a mesma razão porque nossos, assim chamados, líderes não nos dirão a verdade – eles não querem perder o controle sobre nós!

Contanto que os alienígenas queiram agir de forma amigável conosco, o desacobertamento de suas existências trará consigo um possível portal para o Universo, uma oportunidade para explorarmos a escuridão entre as estrelas e além. Não mais as fronteiras entre países pareceriam necessárias ou relevantes, e nossos líderes mundiais e religiosos não seriam tão significantes em nossas vidas; em muitos aspectos eles até mesmo pareceriam ‘falsos’ e ‘não-importantes’. E isto é o que a elite que manipula este planeta tem medo.

Os avistamentos de OVNIs estão aumentando dramaticamente e têm estado por algum tempo. Os ETs querem e precisam ser vistos, e muitas pessoas acreditam que os seres alienígenas estão tentando forçar seu próprio desacobertamento. Junto com o aumento dos avistamentos de OVNIs está um despertar escalado do mundo através da raça humana, pois sabemos que não é mais o caso da questão “estamos sós no Universo?”, mas ao invés disso a questão é “quando descobriremos quem os alienígenas são, e o que eles querem?”.


A "elite" está mais do que ciente deste despertar global, assim eles têm que implementar planos com outras agências/corporações para ‘atrasarem’ o desacobertamento extraterrestre, em alguns casos, ‘alimentar-nos a conta-gotas’ sobre o desacobertamento, porque quando os alienígenas forçarem seu próprio desacobertamento, nossos líderes poderão alegar: “Tentamos dizer isto para vocês!”.

Muitas vezes somos ‘provocados’ pela NASA sobre a existência de vida no Universo, por meio de manchetes de notícia sobre a “Vida em Marte” e, em alguns casos, até mesmo declarações de aceitação atrasada da existência de formas de vida avançadas lá fora no Universo. Recentemente fomos informados pela NASA que eles irão descobrir vida alienígena nos próximos dez anos, o que parece ser uma fantástica tática de atraso por si mesma. Os cientistas da NASA disseram: “Estamos perto de descobrir civilizações alienígenas”. Recentemente eles predisseram que estamos a somente uma geração de descobrir algo em nossa vizinhança na Via Láctea, a qual está tinindo com ambientes propícios à vida… que comece a Alimentação a Conta-Gotas do Desacobertamento Extraterrestre!

“Descobriremos a vida alienígena até 2025 – Dra. Ellen Stofan da NASA, ajudando a “alimentação a conta-gotas”
Até mesmo as Nações Unidas tem dado dicas do que está por vir, num recente comercial estranho – ver vídeo abaixo: 

Esta lista continua é uma das formas que a elite está nos alimentado o desacobertamento extraterrestre a conta-gotas, desde comerciais até astronautas, ou até mesmo o Presidentes dos EUA ficando envolvido neste assunto incrivelmente importante. Mas tudo isto é irrelevante dentro do grande esquema das coisas – os alienígenas já estão aqui e têm estado por muito tempo, e aqueles que costumam nos controlar logo ficarão de fora; grandes e empolgantes mudanças estão a caminho!

O que os alienígenas trarão?

Irrelevantemente da forma com que você olha para este planeta, ele está uma baderna, com conflitos e tensões ocorrendo entre países ao redor do globo, criados pelos líderes beligerantes, famintos de poder! Diariamente os recursos naturais do planeta Terra estão sendo drasticamente drenados por dinheiro e controle, uma divisão entre diferentes religiões e raças está sendo ridiculamente encorajada pela elite (para nos controlar) e, além disso tudo, as pessoas deste mundo parecem ter passado por lavagem cerebral, submissos ao dinheiro, à TV, e o que importa na vida é quem tem os melhores aparelhos eletrônicos.

Mas há uma grande mudança à frente, algo para o qual muitos de nós já abrimos nossa mentes, e estas mudanças serão inevitáveis de acontecer por todo o planeta quando os extraterrestres oficialmente anunciarem sua presença para todos.

Primeiramente haverá uma clara divisão entre as massas no planeta Terra, daqueles que darão as boas vindas aos ETs amigos, e aqueles que se sentirão ameaçados por eles. É claro, aqueles que estão no poder no mundo tentarão empurrar as pessoas para o lado do medo destes ‘demônios’ desconhecidos vindos do céu, e com isto virá a violência de certas frações da humanidade. Alguns grupos religiosos serão opostos aos ETs e tentarão desencorajar o mundo de se unir a eles. Aqueles que têm um falso senso de segurança e foram absorvidos pela lavagem cerebral das elites, potencialmente pegarão armas e desconfiarão dos visitantes ETs.

Os ETs (contanto que sejam os ETs bons que apareçam) provavelmente anunciarão quem são e de onde vêm, e suas razões para o contato oficial com o planeta Terra. Logo que a grande maioria da raça humana aceite quem eles são e o porquê de estarem aqui, um repentino e ‘completo’ despertar mundial ocorrerá e o Universo de repente será considerado um novo “parque de diversões” para os povos deste mundo…

Fonte

O Homem nunca foi à Lua, afirma ex-funcionária da NASA

E lá vamos nós novamente com outra alegação do tipo, só que desta vez com uma pitada de ‘pó de ridiculite‘.

Antes de darmos início ao artigo, temos que deixar claro para os incautos de que a Terra não é plana e não há constatação alguma que prove definitivamente que os pousos lunares foram forjados. Este artigo está aqui, porque ele começou a circular na Internet e a nossa proposta é a de informar o leitor sobre o que está ocorrendo lá fora. Sempre haverá pessoas que viajam para fora da realidade e propõem as ideias mais absurdas… e há quem as siga:

Uma ex-funcionária da NASA alega ter provas, quando trabalhava para a agência há algumas décadas, de que os pousos lunares foram forjados.

Quando Cyndi Holland conseguiu um emprego na NASA, ela ficou nas nuvens – metaforicamente falando, é claro:

Eu era uma estudante de faculdade e faxineira para a Força Aérea quando me inscrevi para a posição de empreiteira para a NASA. Era o inverno de 1996, eu era uma mãe solteira de um menino de 5 anos e estava tentando entrar numa carreira. Fui informada por vários funcionários da Força Aérea que a NASA queria empregar mulheres e negros, assim mandei meu currículo.

Dentro de alguns dias Cyndi foi chamada para uma entrevista, e logo após lhe foi oferecido um emprego. Ela disse:

Eu estava no nível de iniciante de suporte de TI. Eu estava entusiasmada e horrorizada. Senti-me importante pela primeira vez. O trabalho era único e divertido. Eu gerenciava um sistema de backup de computador, registrava os chamados de problemas, gerenciava uma máquina de plotagem dos voos SR71, instalava software nas máquinas dos usuários e montava estações de trabalho.

Cyndi conseguiu o trabalho na NASA em 1996.

A sala da Cyndi era ao lado do laboratório fotográfico da NASA. Ele explica:

É lá onde o histórico fotográfico é mantido. Não era permitida a entrada da maioria dos funcionários, a não ser que estivem com uma escolta.

Cindy Holland, empreiteira da NASA diz ter escutado outros engenheiros da NASA alegarem que os pousos lunares foram ‘forjados’ e ‘uma grande farsa’.

Estando logo ao lado do laboratório, muitas vezes ela escutava os técnicos e fotógrafos conversando enquanto trabalhavam. Uma tarde, ela escutou dois técnicos do laboratório falando a respeito dos pousos lunares da Apolo 11 em 1969. Ela alega:

Eu podia escutar cada palavra que diziam. Foi quando escutei um deles dizer: “Não posso acreditar que todos no mundo caíram nessa. Certamente todos podem ver que foi tudo forjado, uma grande farsa…”

Apesar da natureza escandalosa desta revelação, Cyndi, pensando em sua carreira, com 28 anos na época, se concentrou em seu trabalho, e não querendo arriscar decidiu esquecer quanto a este respeito:

Não tenho certeza se eles sabiam que eu podia escutá-los, se queriam que eu escutasse… mas eles estavam sendo muito arrojados sobre isto… pensei que eles estavam loucos e desabafando.

Foi somente mais tarde, em 2009, que a história retornou à mente de Cindy mais uma vez:

Comecei a ficar ciente do que estava acontecendo no mundo e comecei a procurar em várias conspirações. Tudo começou a se encaixar.

A primeira pessoa a quem ela mencionou isto foi para seu filho mais velho, Brando, então com 18 anos:

Brandon já havia descoberto por si mesmo que os pousos na Lua haviam sido forjados, assim eu decidi dizer a ele sobre o que escutei na NASA. Ele não ficou surpreso.

Agora com 47 anos, mãe de quatro e vivendo em Fênix, no Arizona, Cindy recentemente se envolveu com o Movimento da Terra Plana. Através disso, ela descobriu que colegas do grupo acreditavam que os pousos lunares da Apolo 11 nunca ocorreram, e que muito do que acontece ao redor da NASA é forjado:

Eu ‘despertei’ em 2009 e aprendi sobre todas as coisas falsas que o governo dos EUA havia feito e estavam fazendo. Por volta desta época, lembro de um engenheiro da Lockheed Martin – onde trabalhei após deixar a NASA – dizendo para mim que a Terra era plana. Não levei ele a sério na época: não estava no meu ‘radar’.
Em maio de 2016, Cyndi viu um vídeo no YouTube sobre a Terra sendo plana:

Fiquei muito surpresa. Fiquei intrigada e comecei minha jornada. Por pelo menos duas semanas eu estava deslumbrada, pesquisando sobre o assunto, sobrecarregando meu cérebro com informação.

Cyndi lembrou dos engenheiros da NASA rindo sobre como as pessoas acreditaram nos pousos lunares e foi quando ela percebeu a verdade… aqueles técnicos, como o engenheiro da Lockheed antes deles, sabia o verdadeiro formato da Terra! Como a Cyndi diz:

Eles tinham que saber se trabalhavam no laboratório fotográfico… os pilotos levavam fotógrafos e tiravam fotos, eles devem ter uma tonelada de provas!

Após mais pesquisas, Cyndi decidiu que era hora de contar ao mundo:

Eu tive que falar. É uma verdade muito grande para ocultar. Primeiramente fiquei com medo – me preocupei sobre a repercussão – assim não falei com ninguém sobre isto por meses. Mas agora não me importo com quem eu perca ou irrite ao compartilhar a verdade. Estamos todos numa Terra achatada – algumas pessoas só não sabem disso ainda.
Veja só que interessante, um anúncio colocado pelo pessoal da Sociedade da Terra Plana. Leia a tradução após a gravura:


“Nosso novo site inclui os fóruns da Sociedade da Terra Plana, um a comunidade online próspera, coletivamente unindo as pessoas ao REDOR DO MUNDO todo. – É MESMO?

E se você acredita que vivemos numa Terra achatada, melhor não sair muito longe de casa, porque poderá cair num abismo sem fim.

Ah, desculpe, esqueci: Isso não vai acontecer porque tem uma cúpula de vidro por sobre a Terra que não vai deixar você passar de certo ponto. É por isso que os navios nunca caem para fora da Terra.

Mas falando sério, aqui está mais uma razão para não acreditar nas pessoas que dizem que o homem não foi à Lua.


Fonte